Google+ Followers

Translate

follow in instagram

Instagram

sábado, 17 de setembro de 2011

Melhores ataques do brasileiro de enfrentam #coxa #inter

A média de 2,72 gols por partida do Campeonato Brasileiro tem influência significativa de dois adversários neste domingo. Os dois melhores ataques da competição, Inter e Coritiba, se enfrentam no Beira-Rio, às 18 horas (de Brasília), pela 24ª rodada. Ambos foram às redes 39 vezes.

Nos sete jogos em que o Inter foi comandado por Dorival Júnior no Brasileirão, o time marcou 15 gols, voltando a elevar o desempenho ofensivo. Quando o treinador assumiu, os colorados tinham o quinto índice neste quesito. O problema é na defesa, que nesse período foi vazada dez vezes e saiu intacta somente em duas oportunidades.

A sétima colocação no começo da rodada é pouco para as pretensões do Inter para o Nacional. Os altos e baixos tornaram os gaúchos um time de meio de tabela rodando entre a sexta e a décima colocação nas últimas 15 rodadas. Mesmo assim uma vaga para a Libertadores não está tão longe.

Após uma série de jogos sem descanso, o time espera aproveitar a semana de treinos para ter recarregado as baterias e iniciar uma campanha mais regular.

"Somos perigosos. Ainda há muitos pontos atrás, mas no Brasileiros se ganha dois jogos e embola todo mundo e fica mais animado. Conquistamos duas vitorias, encaixar uma terceira em casa seria excelente", comentou o volante Guiñazu.

Após cumprir suspensão, o argentino está de volta ao time. O desfalque será D'Alessandro, suspenso. A ausência de seu camisa 10 fará Dorival voltar a atuar com dois atacante. Dellatorre é o mais cotado para iniciar o jogo.

O Coritiba também sonha com uma vaga para a Libertadores da América e encara a partida como um duelo de seis pontos. Se vencer em Porto Alegre, chega ao mesmo número de pontos do adversário na classificação e começa a enxergar os líderes logo à frente. Porém, para isso se concretizar, terá que melhorar o pífio aproveitamento fora de casa. São menos de 25% de pontos ganhos longe do Alto da Glória, número semelhantes aos anos em que foi rebaixado.

O técnico Marcelo Oliveira poderá contar com o zagueiro Jéci, que se recuperou de uma torção no tornozelo esquerdo e deve ficar com a vaga de Luccas Claro, que fica como opção no banco de reservas. O volante Leandro Donizete, poupado de alguns treinamentos durante a semana com dores musculares, também tem condições de jogo. No entanto, caso seja vetado, William será o titular.

Com a equipe vindo de uma expressiva goleada para cima do Botafogo, o zagueiro Emerson alerta que isso não pode subir à cabeça dos atletas, que precisam manter o foco na busca pelo três pontos. "Agora é um novo pensamento, com um novo trabalho, porque a gente sabe o que a gente vai enfrentar no Beira-Rio. Precisamos buscar pontos fora de casa e acho que temos condições disso, respeitando o Inter e sabendo das dificuldades", finalizou.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X CORITIBA

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 18 de setembro de 2011, domingo
Horário: 18 horas (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF-FIFA)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP-FIFA) e Fabrício Vilarinho da Silva (GO)

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Juan e Kleber; Elton, Guiñazu, Andrezinho, e Oscar; Dellatorre e Leandro Damião
Técnico: Dorival Júnior

CORITIBA: Vanderlei; Jonas, Emerson, Jéci e Lucas Mendes; Leandro Donizete (William), Léo Gago, Tcheco e Rafinha; Marcos Aurélio e Bill
Técnico: Marcelo Oliveira
Fonte:
http://www.superesportes.com.br
Reações:

0 comentários:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best WordPress Themes