Google+ Followers

Translate

follow in instagram

Instagram

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Uma aposta feita em Aracaju, em Sergipe, acertou as seis dezenas do concurso 1.315 da Mega-Sena

31/08/2011 - 

Uma aposta feita em Aracaju, em Sergipe, acertou as seis dezenas do concurso 1.315 da Mega-Sena e vai levar R$ 63.981.675,84.

Os números sorteados em Virgínia (MG) nesta quarta-feira foram: 01 -27 - 29- 38 - 50 - 52.

Ao todo, 108 bilhetes acertaram a quina e devem levar R$ 43.290,92 cada um. Outras 9.003 apostas levaram a quadra e ganharão R$ 741,88 cada uma.

O próximo sorteio acontece no sábado (3) e tem prêmio estimado em R$ 2,5 milhões.

Quem quiser tentar a sorte no próximo concurso deve fazer suas apostas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio. A aposta mínima, de seis números, custa R$ 2.


Enviado via iPhone by @NeiOliver

Ficha técnica: Atletico Go 3x1 Coritiba

Ficha técnica 

Confira os detalhes da partida entre Coritiba e Atlético-Go



Brasileiro 2011 – 20ª rodada

Atlético-GO 3×1 Coritiba
Local: Serra Dourada
Data: 31/08/2011
Horário: 20h30
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima/ RS
Assistentes: José A. Chaves Franco Filho/ RS (CBF) e Marcelo Bertanha Barison/ RS (CBF)
Coritiba: Edson Bastos, Jonas,  Pereira, Emerson, Lucas Mendes (Maranhão), Leandro Donizete, Léo Gago, Willian Farias (Anderson Aquino), Rafinha, Marcos Aurélio (Everton Ribeiro) e Bill.
Técnico: Marcelo Oliveira
Banco: Vanderlei, Maranhão, Demerson, Willian Leandro, Everton Ribeiro, Anderson Aquino e Caio Vinícius.
Atlético-GO: Márcio, Rafael Cruz, Gilson, Leonardo, Thiago Feltri (Adriano), Agenor, Bida, Pituca, Anselmo, Vítor Júnior (Joilson) e Juninho (Diogo Campos).
Técnico: Hélio dos Anjos
Banco: Rafael, Adriano, Paulo Henrique, Joilson, Felipe, Marcão e Diogo Campos.
Cartões Amarelos: Willian (Coritiba), Rafael Cruz (Atlético-GO), Pituca (Atlético-GO), Lucas Mendes (Coritiba), Leonardo (Atlético-GO)
Cartões Vermelhos: não houve;
Gols: aos 33′ do 1º tempo, Marcio (Atlético-GO); 18′ do 2º tempo, Anselmo (Atlético-GO); aos 40′ do 2º tempo, Anderson Aquino (Coritiba); aos 48′ do 2º tempo, Anselmo (Atlético-GO)
Público total:3.146
Renda: R$ 49.945,00


Fonte : Coritiba.com.br
Veja também no blog :
Tudo Sobre o Coritiba - http://bit.ly/o9VRH8 

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Marcelo Oliveira confiante: "O Coritiba é um time forte"

No primeiro turno, na estreia, o Atlético-GO venceu o Coritiba por 1 a 0. Naquele momento os times vinhan de conquistas no respectivos estaduais e com grandes expectativas para o Brasileirão. Após 19 rodadas, o que se viu foram campanhas irregulares, porém com os times conseguindo se manter em posições confortáveis, porém intermediárias na tabela.
Dos 25 pontos conquistados pelo Atlético-GO no primeiro turno, 12 foram somados nos quatro últimos jogos, quando o Dragão conseguiu quatro vitórias seguidas, sobre Santos (2 a 0), Flamengo (4 a 1), Grêmio (1 a 0) e América-MG (2 a 1), o que resultou na arrancada que o afastou da zona da degola. Agora o time do técnico Hélio do Anjos busca mais uma vitória para consolidar a boa fase.


O Coxa vem de dois empates com o Avaí (0 a 0) e o clássico paranaense com o Atlético-PR (1 a 1) e precisa voltar a vencer se quiser encostar nos líderes. Um dos pontos fracos do time tem sido os jogos fora de casa, onde o time conquistou apenas oito, dos 26 pontos conuistados no primeiro turno.

Só um desfalque...
O técnico Hélio dos Anjos relacionou 19 jogadores para o duelo contra o Coritiba. O único desfalque do Dragão é o zagueiro Anderson, suspenso por receber o terceiro cartão amarelo, com isso o treinador deverá optar por Leonardo, Paulo Henrique, outra opção, corre por fora na preferência para compor a quinta melhor defesa do Brasileirão.

Com isso, a provável escalação do Dragão par ao jogo deve ser: Márcio; Adriano, Gilson, Leonardo e Thiago Feltri; Agenor, Pituca, Bida e Vítor Júnior; Juninho e Anselmo.

Tudo definido...
Diferentemente do que viunha acontecendo nas rodadas anteriores, o técnico Marcelo Oliveira, do Coxa, não escondeu e a escalação para o confronto diante do Atlético-GO. Com Jeci e Tcheco suspensos pelo terceiro cartão amarelo, serão substituídos por Pereira e Willian. Oliveira ainda terá a volta dos laterais Jonas e Maranhão, além de Leandro Donizete, que foi confirmado como titular.

No ataque, o treinador do Coxa encontra mais dois problemas. Os atacantes Leonardo, com dores no ombro, e Geraldo, convocado pela seleção de Angola, estão vetados para o jogo. Apesar disso, o time está confirmado com Edson Bastos; Jonas, Pereira, Emerson e Lucas Mendes; Willian, Leandro Donizete, Léo Gago e Rafinha; Marcos Aurélio e Bill.
By
Terra.com

Árvores pedem socorro no Batel #curitiba


Continua a sanha da prefeitura de Curitiba, de abater as poucas belas árvores que ainda nos dão sombra e transformam a poluição do ar em oxigênio. Esta manhã, desde a minha janela, na Coronel Dulcídio, caminhão da empresa terceirizada da família Derosso, que poda indiscriminadamente nossas árvores de maneira drástica e predatória, matou uma acácia, prestes a florescer. O toco da árvore abatida, na forma do costume, permaneceu no local para futuramente derrubar um transeunte e ferir um contribuinte.



Aliás, as calçadas do Batel parecem uma cidade do Oriente Médio, depois dos combates: paralelepípedos e pedras arrancadas e depositadas próximas dos muros, buracos, caçambas de lixo e resíduos de podas amontoados, à espera de recolhimento. Sem falar do leito da Vicente Machado, totalmente esburacado, o antigo paralelepípedo já aparente sobre as crateras. Batel, socorro.

By

Margarita Sem Censura -http://bit.ly/rhd9Qp 

Política , uma forma de caridade

Política uma forma de caridade
por
geldoni

A política pode ser uma forma sublime de caridade.
Política é a arte de organizar uma nação com regras, leis, objetivando o bem comum.
Caridade pode ser um sentimento ou uma ação altruísta que não visa recompensa.
Então vejamos:
Muitos que entram na política partidária almejam um dia serem eleitos a algum cargo eletivo, alguns fazem disso até uma meta de vida, um sonho; outros transformam isso em profissão, o que nunca deveria ser, pode ser também busca de poder, status, deixar seu nome marcado na história, seja no município, no estado ou país.
Quando estão em campanha tem ideias e ideais, querem melhorar a vida do povo, muitos projetos em mente, muitas promessas nesse momento podem ser feitas e assim iludem o povo mais humilde e carente.
Esquecem esses seres que são meros empregados do povo e que tudo que fizerem para melhorar as condições deste povo, não passa de obrigação.
Ao pensar um projeto, uma lei, estes políticos devem pensar o alcance que isso terá, sem ter o sentimento de soberba, mas o sentimento da caridade.
E assim, como servos inúteis, praticar esta ação altruísta, sem almejar nada em troca, sem pensar na próxima eleição, sem pensar em homenagens que possa receber.
A política, séria, pode sim, e deve ser esta forma ampla e sublime de caridade para com os mais necessitados em primeiro plano, mas buscando o bem comum de todo cidadão, de toda comunidade, de toda a cidade, estado e ou país.
Veja também >
Profissão: Vereador http://bit.ly/n6kjaz 

Alerta importante

    Alerta importante!
Hospital Johns Hopkins ( Utilidade pública ) Atualizações sobre câncer.


Nenhum recipiente de plástico no micro


Nenhuma água em garrafa no congelador


Nenhuma cobertura de plástico no microonda


Dioxina causa câncer, especialmente câncer de mama

Dioxina são altamente venenosas as células do nosso corpo. Não gele água em garrafa plástica, isso libera a dioxina do plástico.
Recentemente, Edward Fujimoto , gerente do programa Wellness no Castle Hospital  esteve em um programa de televisão explicando esse perigo. Ele falou sobre a dioxina e como ela é perigosa para nós.
Ele disse que não devemos aquecer nossa comida em recipiente de plástico no microondas.
Isso se aplica especialmente a comidas que contêm gordura.
A combinação de gordura e calor alto libera a dioxina do plástico na comida, e no final das contas, nas células do corpo...
Ele recomenda usar vidro como pirex ou recipientes cerâmicos para aquecer a comida. Você tem os mesmos resultados só que sem a dioxina. Coisas como comida instantâneas, sopas etc, devem ser removidas da embalagem e aquecidas em qualquer outro recipiente.
Papel não é ruim, mas você não sabe o que ele contém. È mais seguro usar vidro temperado etc.
Ele nos lembrou que há algum tempo, alguns restaurantes de fast food eliminaram os recipientes de espuma para embalar. O problema da dioxina é uma das razões.
Ele mostrou que aquela envoltura de plástico também é perigosa quando postas sobre comidas para cozinhar no microondas. O calor alto faz as toxinas venenosas derreterem e saírem do plástico gotejando na comida.
Em vez disso, cubra a comida com uma tolha de papel.


By 
 @Marombeira

A caminho do retrocesso? - Paulo Godoy

A caminho do retrocesso? - Paulo Godoy


Paulo Godoy - O Estado de S.Paulo
O confronto de ideologias quanto à participação do capital privado no desenvolvimento da infraestrutura vem aos poucos sendo superado no Brasil. O País foi capaz de incorporar o pensamento de que essas disputas são, na verdade, barreiras ao crescimento e que os recursos públicos e a própria lógica que regula as operações estatais são insuficientes para atender às demandas da população.
Apesar de, cada vez mais, a sociedade cobrar mais investimentos no setor, entraves e indefinições, especialmente no âmbito jurídico, ameaçam romper a conquista de um marco regulatório debatido ao longo de duas décadas numa área especialmente sensível - o saneamento básico. Um perigoso retrocesso se insinua, com o risco de pôr tudo a perder.
Dois exemplos desse retrocesso vêm do sul do País. No Paraná, uma emenda à Constituição estadual determina que o saneamento fique a cargo exclusivamente de empresas estatais ou de capital misto. Cria-se, assim, uma espécie de "reserva de mercado estatal", a despeito da comprovada dificuldade de investimento do setor público em garantir, sozinho, a universalização dos serviços. Uma ação direta de inconstitucionalidade questionando essa medida levou o tema para o Supremo Tribunal Federal, que vai avaliar se ela fere a Constituição federal. O Rio Grande do Sul segue pelo mesmo caminho, com uma proposta de emenda à Constituição semelhante à do Paraná, atualmente em discussão na Assembleia Legislativa local.
As propostas vêm acompanhadas por um discurso que usa como subterfúgio uma suposta proteção contra a "privatização da água", argumentando que o saneamento básico não pode ser tratado como "mercadoria". Trata-se, obviamente, de um equívoco deliberado ou motivado pelo velho ranço ideológico que ainda mostra relativo vigor no setor de água e esgoto.
Os municípios que decidem exercer sua autonomia e assumir a titularidade dos serviços - o que é garantido pela Constituição - passam por verdadeiras epopeias jurídicas quando abrem processos de licitação. É o caso de Santa Cruz e Uruguaiana, municípios do Rio Grande do Sul. Neste último, a empresa ganhadora do certame tem como meta eliminar, em até cinco anos, o esgoto a céu aberto (que atinge 92% dos moradores) e reduzir as tarifas de água e esgoto em, no mínimo, 10%. Investimentos previstos em contrato, metas estabelecidas e tarifas reguladas. Por que ser contrário à eficiência e à transparência?
Segundo o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento, apenas 34% da população urbana brasileira conta com esgoto tratado. Ou seja, o serviço inexiste para 125 milhões de brasileiros. A iniciativa privada tem sido fundamental na tentativa de ajudar a equacionar o atraso atávico do Brasil nessa área, já publicamente reconhecido pelo governo federal. A infraestrutura no País tem avançado como resultado dessa soma de competências. De um lado, há o fortalecimento das instituições; do outro, a profissionalização do setor privado, com modelos administrativos cada vez mais eficientes e forte capacidade de investimento. Essa sinergia, contudo, só se tornou viável com a criação de um ambiente jurídico que trouxe a segurança necessária para que a participação da iniciativa privada não ficasse refém dos ânimos frequentemente instáveis da política. A estabilidade é indispensável para que o interesse público prevaleça.
O governo federal estabeleceu a Política Nacional de Saneamento Básico com o advento da Lei n.º 11.445/2007, que determina, entre outros pontos, as condições para a prestação dos serviços que podem ser desempenhados por órgãos da administração direta ou indireta ou mediante concessão precedida de licitação. A própria Constituição federal assegura a autonomia dos municípios na decisão de questões locais.
Hoje a sociedade brasileira pode comemorar, no saneamento básico, parcerias bem-sucedidas entre os setores público e privado. Há exemplos nas cidades de Paranaguá (PR), Niterói (RJ), Campo Grande (MS) e Limeira (SP). Há também bons casos de parcerias público-privadas entre as companhias estaduais e empresas privadas nos Estados de São Paulo, com o sistema da Cantareira, e da Bahia, com o sistema de disposição oceânica de Salvador. Em geral, são municípios que estão trilhando o caminho de buscar apoio gerencial, operacional e financeiro na iniciativa privada para universalizar o acesso aos serviços e eliminar o passivo da falta de tratamento de esgoto.
As cidades que se estão adequando às normas do novo marco regulatório e aproveitando as inúmeras possibilidades de modelos de investimento que a legislação permite, tanto com empresas públicas quanto com concessionárias privadas, estão estabelecendo metas ousadas e satisfatórias. Em quase todos os contratos firmados nos últimos quatro anos e meio, desde que a lei foi promulgada, as obrigações assumidas pelos concessionários preveem universalizar o acesso aos serviços de água e esgoto em prazos médios que oscilam entre cinco e oito anos. É uma mudança drástica no cenário, pois no passado, antes da lei, as perspectivas mais otimistas indicavam que a universalização seria alcançada somente em 80 anos, pois o investimento avançava em ritmo muito lento, sem planejamento e políticas públicas adequadas. Com a regulação vigente, tudo isso, agora, está mudando.
A segurança jurídica conquistada com a Lei n.º 11.445/2007, porém, pode estar em xeque, com sério risco de escoar pelo ralo, enquanto mais de 5.500 cidades ainda precisam desenvolver o que há de mais básico para a qualidade de vida de suas populações. Cabe aos agentes públicos garantir que o saneamento não fique alheio à lógica que tem sustentado o desenvolvimento do País, nem refém de retrocessos ideológicos já sepultados nas sociedades modernas.
PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INFRAESTRUTURA E INDÚSTRIA DE BASE (ABDIB) 

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

22 ANOS DO HINO MAIS POPULAR DO CORITIBA: ETERNO CAMPEÃO




                                                              Francis Nigth (autor do hino)
                                                                

Segunda feira dia 29 de agosto, o Hino mais popular do Coritiba Foot Ball Club, (Oh! glorioso como é bom te ver campeão de novo) CORITIBA ETERNO CAMPEÃO completa 22 anos desde a sua criação.
A música foi gravada pela sua primeira vez no dia 29 de agosto de 89, no estúdio Elevason, de propriedade do ex-presidente Conselho Deliberativo do Verdão, Tico Fontoura e de seu irmão, Gilberto Fontoura.
A música foi incluída no LP “Coritiba Campeoníssimo 1989″, em homenagem aos 80 anos do GLORIOSO. 

A produção deste LP ficou a cargo do departamento de marketing do Coritiba da época, em conjunto com a Rádio CLUBE PARANAENSE, Produção do saudoso narrador  Lombardi Junior.
Já que a música tinha sido aprovada pelo conselho diretor num total de 40 diretores e todos conselheiros do Coritiba na Gestão Dr. Bayard Osna, tendo como vice presidente de marketing do glorioso,o ilustre coxa branca Dr. Jorge Isfer Kalluf.

A letra da música hino composta pelo torcedor COXA-BRANCA FRANCIS NIGHT, e com participação especial na hora da gravação do LOMBARDI JUNIOR, foi transcrita pelo secretário AUGUSTO AVELLAR em LIVRO ATA DE DIRETORIA, outubro 89, ata esta assinada por 40 membros: vices-presidentes e diretores, todos conselheiros do glorioso.

                                                                                                                                                                      Entrevista de Francis Nigth (autor do hino) concedida a Rodrigo Sell (Paraná-Online)

Há 22 anos surgia o mais conhecido atualmente dos hinos do Coritiba. Fruto da inspiração do folclórico cantor e compisotor Francis Night, com algumas pitadas do saudoso locutor esportivo Lombardi Júnior, "Coritiba, eterno campeão" virou referência para a torcida.
Assim como outros grandes clubes, que têm composições aprovadas como a representante das suas cores, esta exprime a paixão que o torcedor tem pelo clube do coração
Segundo o autor, a inspiração para a letra veio do título de 1986, quando o time conseguiu quebrar um jejum no estadual e a galera pôde soltar novamente o grito da garganta.

Paraná-Online - Como surgiu a ideia de fazer um hino para o Coritiba?

Francis Night - Nos idos de 1986, eu assistia ao jogo decisivo na Vila Olímpica, Pinheiros 0 x 1 Coritiba, e todos nós coxas-brancas, vivíamos a empolgação e a euforia da conquista do Brasileiro de 1985. No momento do gol um garoto de uns 12 anos levanta os braços aos céus e, naquele momento da vibração emocionada daquele gesto, eu tirei o verso "Oh! Glorioso, como é bom teve ver campeão de novo'. Naquele momento, no gol do Índio, deu pra sentir que nós seríamos os campeões estaduais daquele ano. Mesmo sendo campeão brasileiro de 1985, a torcida coritibana desejava muito ser campeã paranaense, pois a última conquista tinha sido em 1979. Em 1988, a diretoria cogitava a criação de um hino novo para o clube, queriam fazer um concurso que não foi realizado. Em 1989, a convite da diretoria participei do disco "Coritiba campeoníssimo' em homenagem aos 80 anos do Glorioso já com uma música elaborada com o popular refrão.

Paraná-Online - Como surgiu a parceria com o Lombardi e quem foi responsável pelo que na canção (música e letra)?

Francis - Em conjunto com o Coritiba, a Rádio Clube, através do Lombardi Júnior, produziu o disco "Coritiba campeoníssimo'. No momento da gravação, eu levei várias letras de músicas que tinha e fiz ao clube do coração. O Lombardi sugeriu alguns tópicos de mudança na letra, que era mais extensa. Ele preferiu deixá-la menor, pra facilitar o cântico dos torcedores. Lombardi foi muito importante pois quando eu cantei pela primeira vez em um jantar da diretoria no dia 28 de agosto de 1989 ele me falou "se prepara que amanhã você vai gravar essa música em homenagem aos 80 anos do Coritiba'.

Paraná-Online - Por que não é o hino oficial do Coritiba?

Francis - Meras formulações... Quem gravou a música "Coritiba eterno campeão' foi o clube. A letra está inscrita em livro ata de diretoria. O livro ata da reunião é um documento sério e eterno. Se isto não é oficial... Sem contar que é o preferido em todas as pesquisas já realizadas ate hoje.



Hino Do Coritiba


Hino Cantado pela Torcida


Entrevista com Francis Night


 Meu Mundo é AlviVerde



Francis Night - Fan Club



Parabéns Francis Nigth por essa bela inspiração, que deu origem a este hino maravilhoso, gravado na mente e nos corações de todo torcedor Coxa Branca!
http://feeds.feedburner.com/eternamenteCoxa


By

http://emersoncoxa.blogspot.com/2011/08/22-anos-do-hino-mais-popular-do.html

A eleição para o melhor prato popular de Curitiba foi encerrada neste domingo (28). No dia 15 de setembro, você conhecerá o vencedor


Obrigado pela confiança,
O bife sujo
Agradece seu voto!

A eleição para o melhor prato popular de Curitiba foi encerrada neste domingo (28). No dia 15 de setembro, você conhecerá o vencedor

A eleição para o Sabor Popular de Curitiba foi encerrada no domingo (28). No dia 15 de setembro, na edição 2011 da revista Prêmio Bom Gourmet, você conhecerá o prato vencedor.

A categoria Sabor Popular visa premiar o prato, doce, petisco ou quitute que melhor representa a gastronomia popular de Curitiba. Durante várias semanas, internautas indicaram sabores com este perfil.

Um júri especializado foi formado para avaliar as mais de 300 sugestões e definir 10 finalistas ao prêmio.

São eles: Bife Sujo, do Restaurante Bife Sujo; o brigadeiro de colher, da Casa di Bel; o prato feito, do Box do Eliseu (no Mercado Municipal); o Hackepeter, do Bar Schimmel; o pão com linguiça blumenau, do Bar Canabenta; o pastel, da Pastelaria Brasileira; o Madrilenho, da confeitaria A Familiar; o cachorro-quente, da barraca Hot Dog Benassi; a costela do Nyck Costela no Rolete; e o Churrasco Paranaense, do Bar Palácio.

A organização agradece a participação de todos nas duas fases de definição do Sabor Popular.

Alunos fingem que aprendem,escolas fingem que ensinam ...


No Brasil, ao final do terceiro ano do ensino básico, 44% dos alunos ainda não sabem escrever, 57% deles não sabem contar, subtrair, multiplicar e dividir. A notícia terrível vem de recente pesquisa feita com seis mil alunos de escolas brasileiras – públicas e particulares – chamada Avaliação Brasileira de Rendimento Escolar, comentada pelo jornalista Alexandre Garcia na rede Globo.



Ainda não deixamos o atraso. Somos um país de escolas que fingem que ensinam para alunos que fingem que aprendem. E tudo fica mais grave quando – é sabido – as secretarias de Educação dos estados e municípios punem com diminuição da verba de custeio escolar, as escolas públicas que reprovem alunos. Não deveria ser exatamente o contrário: escola que tem mais alunos reprovados recebe mais verbas, para reforço?



Numa das vezes em que recebemos – Rafael Greca e eu – a honrosa visita do senador e professor Darci Ribeiro, perguntamos a ele o que deveria ser a missão da escola pública. O criador da Lei de Diretrizes e Bases da Educação e da Universidade de Brasília, de pronto, respondeu: ensinar bem a ler, a escrever e a contar.
By


Margarita Sem Censura - http://bit.ly/pjYeNx 

Profissão: Vereador

Você lembra em quem votou para Vereador na última eleição? Em recentes pesquisas realizadas no estado do Paraná os números surpreendem, pois apontam que mais de 50% dos eleitores não lembram em quem votaram para vereador nas eleições de 2008.

Com base nestas pesquisas resolvemos fazer a nossa parte e questionar a profissão dos "políticos" eleitos, começamos na última segunda-feira (22) pela Câmara Municipal de Laranjeiras do Sul, fizemos a seguinte pergunta aos nove vereadores daquela casa de leis "Qual é a sua profissão", entre várias profissões descobrimos a mais "NOVA" PROFISSÃO: VEREADOR... confira no vídeo abaixo a resposta de cada vereador...


PROFISSÃO VEREADOR

O Congresso está liberou para criar cerca de 7.700 novas vagas de vereador, após muita polêmica e "interesses" esta decisão ficou a nível municipal, onde cabe aos próprios vereadores eleitos para esta legislatura decidirem, algumas cidades já decidiram pelo aumento do número de vereadores, outras tiveram decisão contrária, salvo raras exceções, são mais cabos eleitorais remunerados com dinheiro público em cidades pequenas.
O Brasil tem 5.565 municípios. Em 2008, a esmagadora maioria (4.878) abrigava menos de 30 mil eleitores. Um exército de 321.650 candidatos disputaram as eleições em 2008 a 52.137 vagas de vereador.

Os eleitos no interior participam, se tanto, de uma sessão semanal na Câmara Municipal local. Passam a maior parte do tempo ajudando seus chefes que serão candidatos na eleição seguinte a deputado, senador ou governador. É o bolsa-emprego na política.

Ser vereador é uma boa ocupação. O salário médio no interior chega a R$ 1.742,09. Nas capitais, sobe para R$ 6.622,55. Os dados são de 2005 e os únicos disponíveis (apurados pelo Senado).
De lá para cá, os gastos cresceram. Teresina, capital do Piauí, já paga R$ 9.200 aos seus 21 vereadores,em breve serão 29 com a nova regra.

Nem sempre foi assim. Da monarquia até o início da República, a maioria das cidades não remunerava vereadores. No século 20, disseminou-se o costume de pagar salários aos legisladores municipais.

Com seu viés falso moralista, a ditadura militar (1964-1985) ensaiou acabar com a farra. Baixou em 1965 o ato institucional nº 2 eliminando a remuneração de vereadores futuros, "seja a que título for". Os militares não aguentaram a pressão. Em 1967, recuaram. Permitiram salários para vereadores de capitais e de cidades com mais de 100 mil habitantes. Em 1975, liberaram geral.
É fácil entender por que o Congresso aprovará essa orgia de vereadores. São os políticos pensando neles mesmos. Mas, registre-se, tenebrosas transações assim só ocorrem por causa do vácuo deixado pelo silêncio dos eleitores.

Assembléia Legislativa do Paraná

Seguindo nossa reportagem fizemos contatos com os 54 deputados estaduais do Paraná através de telefonemas, emails e até via twitter, para todos os 54 deputados perguntamos "Qual sua profissão", apenas 7 deputados responderam (tiveram coragem de responder), confira abaixo quem respondeu e quais foram as respostas:

Deputado Edson Praczyk (PRB) - "Sou pastor por vocação, Tecnólogo (processamento de dados com ênfase em engenharia de software) por formação e radialista por profissão".

Deputado Enio Verri (PT) - "Economista, professor da UEM licenciado".

Deputado Augustinho Zucchi (PDT) - "Engenheiro agrônomo formado pela Universidade Federal do Paraná"

Deputado Ney Leprevost (PSD)- Minha profissão é jornalista

Deputado Valdir Rossoni PSDB) - Empresário

Deputado Nereu Moura (PMDB) - Agricultor

Deputado Plauto Miró (DEM) - Agropecuarista e Empresário

Direito a uma reeleição....

Se todo continuismo é burro, não seria racional e salutar à democracia que se proibisse mais de uma reeleição para cada cargo eletivo? Ou seja, um vereador eleito somente poderia concorrer a uma reeleição e depois, obrigatoriamente, deveria pleitear outro cargo ( deputado estadual, por exemplo ) ou ausentar-se das urnas por um período de uma legislatura para novamente concorrer ao mesmo cargo? Assim evitaríamos os POLÍTICOS PROFISSIONAIS......
Se o sujeito foi reeleito uma vez, "descansa" uma legislatura e se retornar novamente eleito é porque seu trabalho foi aprovado e não esquecido em 4 anos, ou se ele foi eleito, reeleito e pleiteou e venceu para outro cargo eletivo é sinal que os eleitores aprovam a sua conduta e sua forma de trabalho.

POLÍTICA deve ser uma vocação, não uma forma de arrumar um emprego, muito menos um ENCOSTO financeiro ou opção de renda....

Qual a profissão do candidato em que você votou nas eleições de 2008 e 2010?

A vereador,Prefeito, Deputado Estadual, Deputado Federal, Senador, Governador e Presidente da República, não sabe? opine deixando seu comentário.

Opiniões...

Pedimos a sua opinião sobre a matéria acima, sobre o que você pensa sobre a constante renovação, se é saudável à democracia, pois evitam a criação de POLÍTICOS PROFISSIONAIS e de currais eleitorais, e que políticos ocupantes de cargos eletivos utilizem a máquina pública para se perpetuarem nos cargos, pois as "cadeiras" continuam, quer sejam ocupadas por CISCOS, CHICOS ou FRANCISCOS...deixe seu comentário.

Já está mais que na hora da gente mudar isso, eleger pessoas realmente interessadas em exercer e legislar e governar em favor do povo, em favor da coletividade, sem interesses pessoais ... ainda podemos mudar isso....CONSCIENTIZAÇÃO!!!

Por Cesar Minotto
Laranjeiras do Sul, 28 de Agosto de 2011




domingo, 28 de agosto de 2011

vote para o top30

            


 vote nehi oliver no top30






‎"Quando eu vi você tive uma idéia brilhante.

Foi como se eu olhasse de dentro de um diamante e meu olho 


ganhasse mil faces num só instante."




 Paulo Leminski


VOTE: NEHI OLIVER

Rooney dá show, Manchester United humilha o Arsenal e supera rival City

Rooney dá show, Manchester United humilha o Arsenal e supera rival City
Atacante marca três vezes na goleada histórica por 8 a 2 no Old Trafford
GLOBOESPORTE.COM - Manchester, Inglaterra
Definitivamente não haverá espaço nos jornais esportivos ingleses na segunda-feira. Depois de o Manchester City surpreender e atropelar o Tottenham , no White Hart Lane, por 5 a 1, foi a vez de o rival United humilhar outro grande londrino, o Arsenal, em clássico disputado no Old Trafford, neste domingo, pela terceira rodada do Campeonato Inglês 2011/2012. Com grandes atuações do atacante Wayne Rooney, autor de três gols, e do goleiro De Gea, que pegou um pênalti de Van Persie quando o jogo ainda estava aberto, os Diabos Vermelhos sobraram e humilharam: 8 a 2. Fora o baile.

Ashley Young, autor de dois gols, corre atrás de Wayne Rooney, que fez três nos 8 a 2 do Manchester (AP)
Confira a classificação atualizada e a tabela de jogos do Campeonato Inglês 2011/2012
Além do Shrek, que mostrou estar com o pé calibrado em duas cobranças de falta e outra de pênalti, Welbeck, Ashley Young, com dois golaços de fora da área, Nani e Park completaram para os donos da casa. Walcott e Van Persie, os únicos lúcidos dos Gunners, descontaram. O meio-campista Anderson, titular pelos Red Devils, foi o único brasileiro em campo.

De Gea fez grandes defesas e ainda pegou um pênalti cobrado por Van Persie no primeiro tempo (Reuters)
A maior goleada da história do confronto ainda colocou o Manchester United na liderança da competição pelos critérios de desempate. Com 100% de aproveitamento até o momento, a equipe do técnico Alex Ferguson chegou aos nove pontos e dez gols de saldo, um à frente do rival Manchester City (13 pró e 3 contra). O duelo entre ambos está marcado para a nona rodada, no dia 23 de outubro, também no Old Trafford. O próximo compromisso dos Diabos será no dia 10 de setembro, diante do Bolton, fora de casa, pela quarta rodada.
O Arsenal, por sua vez, terá uma semana decisiva fora de campo, já que na próxima quinta-feira encerra-se a janela de transferências. Com dinheiro em caixa após as vendas de Cesc Fàbregas, para o Barcelona, e Samir Nasri, para o City, o técnico Arsene Wenger será muito cobrado caso não faça contratações de alto nível. Com apenas um ponto, os Gunners já estão próximos da zona de rebaixamento e enfrentarão o Swansea, no Emirates Stadium, dia 10.
Confira todos os jogos da terceira rodada:
Sábado
Aston Villa 0 x 0 Wolverhampton
Wigan 2 x 0 Queens Park Rangers
Blackburn 0 x 1 Everton
Chelsea 3 x 1 Norwich
Swansea 0 x 0 Sunderland
Liverpool 3 x 1 Bolton
Domingo
Newcastle 2 x 1 Fulham
Tottenham 1 x 5 Manchester City
West Bromwich 0 x 1 Stoke City
Manchester United 8 x 2 Arsenal

PRÊMIO BOM GOURMET: Últimas horas para votar no melhor prato de Curitiba, 'BIFE SUJO'

BOM GOURMET - PRÊMIO BOM GOURMET: Últimas horas para votar no melhor prato de Curitiba, 'BIFE SUJO'

 

 

Este domingo (28) é o último dia de votação. Escolha o seu prato finalista preferido e ajude ele a ser eleito o Sabor Popular de Curitiba

Essa é hora do esforço final para fazer o seu prato preferido ser eleito o Sabor Popular de Curitiba.

A votação termina neste domingo (28), à meia-noite, e nada está decidido ainda. O prato que receber mais votos será premiado pelo Prêmio Bom Gourmet 2011, e você saberá o resultado no dia 15 de setembro.

>Para votar, basta acessar a página do Sabor Popular e clicar, quantas vezes quiser, no seu sabor preferido. Vote agora (leva apenas poucos segundos).

http://www.gazetadopovo.com.br/gazetadopovo/bomgourmet/premiobomgourmet/conteudo.phtml?id=1162918

Quem você acha que merece ser premiado pelo Prêmio Bom Gourmet? Concorrem o Bife Sujo, do Restaurante Bife Sujo; o brigadeiro de colher, da Casa di Bel; o prato feito, do Box do Eliseu (no Mercado Municipal); oHackepeter, do Bar Schimmel; o pão com linguiça blumenau, do Bar Canabenta; o pastel, da Pastelaria Brasileira; o Madrilenho, da confeitaria A Familiar; o cachorro-quente, da barraca Hot Dog Benassi; a costela do Nyck Costela no Rolete; e o Churrasco Paranaense, do Bar Palácio.

O serviço completo e o preço dos pratos estão disponíveis no site de votação

sábado, 27 de agosto de 2011

Atletiba de número 347 termina empatado!!!

 CORITIBA MANDOU NO CLÁSSICO, MAS O ATLÉTICO ARRANCOU O EMPATE

 27 de agosto de 2011 

Coritiba dominou o meio de campo e saiu na frente
O jogo começou com o Coritiba indo mais ao ataque, em oito minutos foram dois ataques do Coritiba, em um deles Bill chegou atrasado, após um cruzamento de Marcos Aurélio. Alem de ir mais ao ataque, o Verdão tinha mais a posse de bola e começou a empurrar o Atlético para sua própria defensiva. As oportunidades vinham tanto de bola rolando quanto em cobranças de falta e escanteio para o Coritiba.
A estratégia do Atlético era se segurar atrás da linha do meio de campo e sair em contra-ataques, a tentativa era de não tomar gol antes dos 15 minutos. A partir do primeiro terço do jogo, o Atlético equilibrou mais o jogo, apesar do Coritiba continuar chegando com certa facilidade ao ataque.
Aos 19 minutos Léo Gago mandou uma pancada para o gol, mas Renan Rocha fez uma belíssima defesa, o jogo passou a ganhar cada vez mais emoção. Aos 22, após duas cobranças de escanteio seguidas, Marcos Aurélio cobrou e Emerson subiu com categoria para o fundo das redes do goleiro Renan Rocha.
O Coritiba já sentia a vibração das arquibancadas e pressionava o Atlético, o gol foi conseqüência da insistência Coxa. Com a vantagem no placar, o Verdão passou a administrar naturalmente o jogo. O Atlético tentava chegar, mas não tinha eficiência no setor ofensivo, aos 32 minutos, Edílson cobrou uma falta para longe do gol, a rigor foi a segunda chance do Furacão.
A jogada mais perigosa da partida era o jogo aéreo do Coritiba, principalmente com os zagueiros. Renan Rocha salvou o Atlético em uma belíssima defesa após um cabeceio de Jeci, aos 39 minutos.
Com 43 minutos, o árbitro Heber Roberto Lopes expulsou o técnico Renato Gaúcho após reclamação. Dessa forma ele não viu o final do jogo, que não teve muita emoção, mas que acabou com o Coxa pressionando. Em resumo, o Coritiba ganhou o meio de campo e por isso teve o jogo sob seu domínio, levando perigo quando chegava nas bolas aéreas e em jogadas de linha de fundo, sobretudo pelo lado direito.
 
Coxa mandou, Atlético marcou
 
Parecia que nem havia tido 15 minutos de intervalo, pois o Coritiba começou indo para cima do Rubro-negro, aos 2 minutos Bill reclamou de pênalti cometido por Fabrício, mas não houve rigorosamente nada. O mesmo Bill teve a chance de arrematar a gol, mas recuou para Renan Rocha, logo em seguida Rafinha chutou de dentro da área, mas a bola passou à direita da meta do Furacão. O jogo era lá e cá, aos 7 minutos, Madson teve uma boa oportunidade, entre dois zagueiros arrematou de bico por cima da meta de Edson Bastos.
O detalhe é que a partida ficou mais pegada, com 10 minutos, dois cartões amarelos foram distribuídos, um para cada lado, Jeci e Manoel foram amarelados, o que deixou as duas defensivas penduradas.
Em um intervalo de quatro minutos o Verdão teve pelo menos três chances claras de matar o jogo e a jogada continuava sendo a artilharia aérea de Emerson e Jeci, ambos arremataram bolas de cabeça, quando Renan Rocha não salvou a bola saiu pela linha de fundo.
Mas aos 23 minutos, em uma cobrança de falta, que na verdade foi um cruzamento, a zaga inteira do Coritiba falhou, enganou Edson Bastos e a bola entrou para balançar as redes do Coxa. Era o empate do Furacão, justamente quando o Verdão mandava no jogo.
O jogo ganhou em emoção, mas não mudou o panorama, pois o Coxa continuava em cima do Furacão, o técnico Alexandre Pereira, que estava no lugar de Renato Gaúcho, tirou Marcinho para a entrada do zagueiro Gustavo. O Atlético abdicou totalmente de atacar, em teoria, pois não tinha mais seus três principais jogadores de frente, Edigar Junio, Madson e Marcinho e ainda tinha novamente Fransérgio improvisado como atacante.
Quem continuava mandando no jogo era o Coritiba, o Atlético chegava esporadicamente em jogadas de bolas paradas. Realmente era um jogo de um lado só, mas o Coxa não teve competência para fazer o segundo gol e o Atlético conseguiu um grande resultado, das as circunstancias do clássico. No final acabou mesmo em 1 x 1.
Na próxima rodada o Coritiba encara o Atlético-GO, no Serra Dourada, às 20h30 de quarta-feira. O Atlético recebe o Atlético-MG no mesmo dia e horário.
 
FICHA TÉCNICA
CORITIBA 1 X 1 ATLÉTICO-PR
Coritiba: Edson Bastos; Willian Leandro (Gil), Jeci, Emerson e Lucas Mendes; Demerson, Léo Gago, Tcheco (Geraldo) e Rafinha; Anderson Aquino e Bill (Leonardo).
Técnico: Marcelo Oliveira.
Atlético-PR: Renan Rocha; Edílson, Manoel, Fabrício e Paulinho; Deivid, Kléberson, Cléber Santana e Marcinho (Gustavo); Madson (Fransérgio) e Edigar Junio (Branquinho).
Técnico: Renato Gaúcho
Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba-PR.
Data/Hora: 27/08/2011, às 18h.
Árbitro: Héber Roberto Lopes (FIFA-PR).
Assistentes: Roberto Braatz (PR) e Bruno Boschilia (PR).
Público/Renda: pagante: 25.604/ total: 28.449/ renda: R$ 444.900,00
Cartões amarelos: Tcheco e Jeci, pelo Coritiba. Edílson e Manoel, pelo Atlético.
Gols: Emerson aos 22 minutos do primeiro tempo para o Coritiba. Edilson, aos 23 mminutos do segundo tempo para o Atlético.
 
Por
 Tiago Piontekievicz



Os padrinhos do atraso: Está difícil segurar. As baratas vão voar. Se aposenta, Sarney! Desencarna,Lula


Ruth de Aquino - Revista Época

A idade avançada talvez cobre um preço alto a sua memória recente. Como o presidente do Senado, José Sarney, pôde endossar os supersalários, apenas dois meses depois de ser obrigado a limitá-los ao teto do funcionalismo público? A decisão é inconstitucional, ilegal, imoral. Beneficia uns 700 servidores, que poderão voltar a ganhar acima de R$ 26.723,15, mais que os ministros do STF. Vamos todos doar para a campanha “servidor-esperança”. 
Entendi. Sarney escutou Dilma dizer que o foco de seu governo não é a ética, mas “a faxina contra a pobreza”. E resolveu seguir o conselho da presidente à risca. Seus servidores no Senado ameaçavam greve. Não conseguiriam viver dignamente com menos de R$ 26 mil por mês. Estavam com medo de não poder voar mais de primeira classe. Com a caça às bruxas até no ar, não são todos os que têm o direito de usar helicópteros da PM e jatinhos de empresários para lazer pessoal.
“É como na música do Caetano: é o avesso do avesso do avesso”, disse Ricardo Ferraço, do PMDB do Espírito Santo. Ferraço é relator da reforma administrativa do Senado. Mas que reforma é esta que não resiste à influência do padrinho maranhense sobre um tribunal de Brasília? “É inacreditável”, disse ele. “O teto está na Constituição.” O assombro de Ferraço é o mesmo de todos nós. Essa limitação salarial existe desde 1998. Com todo o respeito, alguém precisa chamar o presidente do Senado à razão.
Sarney consegue, no ocaso de sua vida política, personificar todo o atraso de um país. Lula um dia o chamou de ladrão e depois beijou sua mão. A rima é inofensiva. Mas a blindagem de Sarney é nociva. Ele é o líder de um clã que enriqueceu à custa do povo sofrido do Maranhão, um dos Estados mais miseráveis do Brasil. Imagino que, na faxina contra a pobreza da diarista Dilma, o Estado do sinhozinho Sarney seja uma das prioridades.
O episódio do helicóptero da PM, cedido por Roseana para levar o pai a sua ilha particular de Curupu, é até menor. Ministros do STF desaprovaram como “um desvio de finalidade” o uso pessoal de uma aeronave destinada à segurança e à saúde do povo. Mas a maior contribuição de Sarney para o atraso do Brasil é agir como se fosse o ditador líbio de uma capitania hereditária. É como se estivesse descolado do atual processo nacional. Vive num outro tempo.
Está difícil segurar. As baratas vão voar. Se aposenta, Sarney! Desencarna, Lula!
“Tenho direito a transporte de representação, e não somente a serviço. É chefe de Poder.” E assim o intocável Sarney ignora a lei de improbidade. Políticos que usam bens públicos em “obra ou serviço particular” podem ser punidos com a perda da função e suspensão de direitos políticos. Sabemos, porém, que nada vai acontecer com o oligarca. Como disse Lula, ele “não é um homem comum”.
Os descaminhos levam ao padrinho-mor, Lula, que não consegue desencarnar do poder. Deveria ser inconstitucional um ex-presidente da República despachar com ministros para tratar assuntos de governo. É escandaloso que Lula crie um governo paralelo, com base em São Paulo, para cobrar ações de ministros de Dilma. Não satisfeito em montar um ministério bichado por escândalos, Lula aponta o candidato do PT à prefeitura de SP. E freia o combate presidencial à corrupção.
Coincidência? Na semana em que Lula volta ao palco como eminência nada parda, os ministros Negromonte, das Cidades, e Novais, do Turismo, ganham uma sobrevida. Esses dois estão por um peteleco. Exonerar Paulo Bernardo das Comunicações é mais complicado, por ser casado com Gleisi. E ele “só” pegou carona na farra aérea.
Com a guerra deflagrada entre congressistas que se chamam de “débil mental” e “safado”, a folha corrida de políticos continuará a vazar. A do PP está às claras: 18 deputados respondem por irregularidades. Os dois Cunha, Eduardo (PMDB) e João Paulo (PT), não vão mais comandar a reforma da Justiça, por serem réus. A OAB acaba de lançar o site Observatório da Corrupção.
Está difícil comprar briga com a sociedade. Vai ser difícil segurar. As baratas vão voar. Se aposenta, Sarney! Desencarna, Lula!


sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Aprenda com "sommelier" forma correta de preparar e provar chás



ALINE GATTONI
EDITORA-ADJUNTA DO GUIA FOLHA

O "sommelier de chá" chileno Cristian Pastene esteve no Brasil nesta semana para o lançamento da marca de chás Dilmah, do Sri Lanka. Ele promoveu uma harmonização com a bebida na tarde da última terça-feira (23), em São Paulo.

Para o especialista, o principal segredo para o bom chá é seu frescor. "Com o tempo, suas nuances delicadas são perdidas, assim como os antioxidantes", explicou. "Portanto, não estoque."

Pastene também ensinou a fazer corretamente a bebida e a prová-la. Confira:

CULTIVO

O chá, nos seus mais variados tipos, é feito com a planta Camellia sinensis. "As bebidas feitas com outras plantas são chamadas de infusão", disse o especialista. As variações dependem da altitude do solo onde ocorre o cultivo, assim como o processamento.

Em geral, o processo é formado por colheita, limpeza e seleção, atrofiagem, rolagem, fermentação, exposição ao calor, secagem e empacotamento.

Dependendo do tipo de chá a ser obtido, algumas etapas são ignoradas. Todo o processo não deve levar mais do que dois dias.

PREPARO

Evite o uso de água com cloro ou flúor (portanto, cuidado com a água da torneira).

Coloque o saquinho ou o infusor no copo ou na xícara e adicione água quente --desligue o fogo assim que a água começar a "cantar", ou seja, não a deixe ferver.

A infusão deve levar de três (chás mais escuros) a oito minutos (mais claros). A quantidade é de um a dois gramas de chá para 200 a 300 ml de água.

Para fazer a bebida, o "sommelier" aconselha usar uma cerâmica branca ou de aço, embora outros recipientes também sejam permitidos. Não é necessário abafar.

DEGUSTAÇÃO

Para provar a bebida, coloque um gole na boca, inspire fortemente para arejá-la, leve o chá para o fundo da boca e mova-o antes de engolir, para liberar seu sabor. No caso de harmonização, misture-o com o alimento, dentro da boca.

By
Folha.com  http://bit.ly/qKQmV9 

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

A lua foi ao cinema , Paulo Leminski

 A Lua foi ao Cinema.

A lua foi ao cinema,
passava um filme engraçado,
a história de uma estrela
que não tinha namorado.

Não tinha porque era apenas
uma estrela bem pequena,
dessas que, quando apagam,
ninguém vai dizer, que pena!

Era uma estrela sozinha,
ninguém olhava pra ela,
e toda luz que ela tinha
cabia numa janela.

A lua ficou tão triste
com aquela história de amor
que até hoje a lua insiste:
- Amanheça, por favor!

Paulo Leminski
(1944-1989)

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Steve Jobs parou!!!




E 24 de Agosto de 2011 entra para a história.

Para toda a história da humanidade, mas especialmente para a Administração, a tecnologia e a revolução das comunicações.

Hoje, o Conselho de Administração da Apple recebeu uma carta onde seu Presidente Executivo,, Steve Jobs pede demissão do cargo.

Jobs entra para a história antes de deixar suas atividades, já que na carta sugere o próprio nome para o cargo de chairman e indica Tim Cook como sucessor.

Na carta diz que lamenta que este dia tenha chegado mas que pretende ainda contribuir para o sucesso ainda maior da empresa que acredita ainda estar por vir.

A história da Apple da qual Jobs é  co fundador, é mais uma daquelas sagas inacreditáveis que só acontecem em países onde o empreendedorismo é valorizado e a burocracia minimizada.

Jobs nasceu na Califórnia em 24/02/55, de temperamento introspectivo, foi trabalhando na Hewllet Packard que conheceu o gênio da tecnologia Steve Woznic, com quem passou a desenvolver hardware e software em uma empresa montada (em 76) na garagem de casa, com o capital arrecadado da venda de  um microonibus de Jobs e uma calculadora financeira (HP, claro) de Woznic.

Três anos mais tarde a empresa havia crescido  700% graças aos contatos feitos, a confiança adquirida e a captação dos melhores funcionários de outras empresas.

Com as dificuldades criadas por inadequações na criação do Macintosh, Jobs foi perdendo terreno na Apple e desligou-se da empresa em 86.

Apesar da decepção,  como empreendedores não costumam ficar paralisados, Jobs criou uma nova companhia, de nome sugestivo: NextStep. O sucesso de seus produtos foi tanto que a Apple comprou a nova proposta e Jobs voltou ao topo de sua criação.

Diz-se que Jobs é um gestor dado a explosões de humor, é extremamente exigente e crítico, mas também é considerado um grande motivador e um excelente palestrante que tende a usar em suas falas mais a emoção do que a razão. Essas informações chegarão ao Brasil em Novembro com a publicação de sua biografia.

Em 2004 Jobs foi vitima de um tumor no pâncreas que debilitou sua saúde e o afastou algumas vezes dos negócios.

Ainda não se tem a certeza de que o afastamento é causado pelos problemas de saúde, apenas que Jobs alega não ter mais condições plenas de exercer a presidência e prefere estar em um cargo menos exigente para continuar a contribuir.

Criador de pérolas da tecnologia como o iPhone e o iPad, Jobs e a Apple recentemente conseguiram superar a Exxon, passando a ser a empresa mais capitalizada dos EUA.

Jobs é também o presidente dos estúdios de animação Pixar.

Só nos resta agradecer a Steve Jobs pelos avanços trazidos por suas criações na vida de todos nós, e torcermos para que ele ainda usufrua por muitos anos de seus sucessos.

Valeu Jobs!  

By 
de amalia a zeppelin - Steve Jobs http://bit.ly/mVxmuI 

domingo, 21 de agosto de 2011

Números do Atletiba


Atlé-tibas

Números:
Confrontos                                                                                 346
Vitórias do Coritiba                                                                133

Vitórias do Atlético                                                                 108

Empates                                                                                      105

Gols                                                                                                1005

Gols do Coritiba                                                                       529

Gols do Atlético                                                                        476

Confrontos em Campeonatos Brasileiros                       26

Vitórias do Coritiba                                                                 10

Vitórias do Atlético                                                                  08

Empates                                                                                        08

Maior invencibilidade

Coritiba                   310877 até 071079                                 20 jogos

Atlético                   071079 até 030983                                14 jogos


Maiores goleadas

Coritiba                  141159                                                        6 x 0

Atlético                  060438                                                      6 x 2


Maiores públicos

Coritiba 0 x 0 Atlético - 52.164, em 17 de dezembro de 1978 no Couto Pereira

Coritiba 3 x 0 Atlético - 52.000, em 1 de maio de1990 no Couto Pereira

Coritiba 0 x 0 Atlético - 47.307, em 13 de dezembro de 1978, no Couto Pereira

Coritiba 0 x 0 Atlético - 46.217, em 10 de dezembro de 1978 no Couto Pereira

Atlético 2 x 1 Coritiba - 44.475, em 11 de junho de1998 no Pinheirão

Coritiba 1 x 1 Atlético - 42.410, em 18 de dezembro de 1983 no Couto Pereira

Coritiba 2 x 1 Atlético - 40.876, em 1 de maio de1989, no Couto Pereira

Coritiba 1 x 1 Atlético - 40.536, em 16 de abril de1972, no Couto Pereira

Coritiba 1 x 1 Atlético - 39.800, em 11 de junho de2000, no Couto Pereira 10.

Coritiba 1 x 1 Atlético - 37.782, em 31 de agosto de1977, no Couto Pereira

Títulos:
Coritiba                              35 títulos Paranaenses

                                               02 títulos Brasileiros série B

                                               01 títulos Brasileiro série A

                                   Torneio do Povo  1973

Fita Azul Internacional: 1972




Atlético                               22 títulos Paranaenses

                                               01 Brasileiro série B

                                               01 Brasileiro série A



     Esses foram alguns números que fazem deste clássico um dos maiores do Brasil. Estamos em véspera de mais um Atlé-tiba e a cidade se agita mesmo faltando uma rodada para o grande clássico.

     Parece que o Sr. Petraglia tem muito que lamentar com seus netinhos pois os números não mentem e mostram que o Coritiba é superior ao Atlético em vitórias, títulos, maior goleada, invencibilidade  e gols marcados. Mais pimenta no confronto.

     O fato é que a paixão e a rivalidade vão tomando conta de tudo e de todos e sem dúvida deixando mais emocionante ainda o clássico, uma pena que a vitória seja tão importante para os objetivos das duas equipes dentro da competição.

     O Coritiba lutando pela vaga na Libertadores e o Atlético lutando para afastar-se da zona de rebaixamento de uma vez por todas.

Fonte:
Gerson dall stella

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Vitória sobre o Santos faz do Coritiba melhor ataque do Brasil

Com 22 gols, Bill é o destaque do melhor ataque do Brasil na temporada 2011

Foto: Agência Lance
ELAINE FELCHAKA


Se no primeiro semestre o Coritiba deixou todos os clubes para trás com a sequência de 24 vitórias, no Campeonato Brasileiro, ainda que em fase de afirmação, mostra que continua uma equipe diferenciada. Após a vitória sobre o Santos por 3 a 2, nesta última quarta-feira, o time do Alto da Glória tem o melhor ataque do Brasileiro com 31 gols, ao lado do Flamengo, que foi derrotado pelo Atlético-GO por 4 a 1 nesta quinta.
Com os números no Brasileiro, somados aos gols no Campeonato Paranaense e na Copa do Brasil, o Coritiba chega a 116 gols na temporada assumindo também a ponta em território nacional. Na Série A, o clube mais próximo é o Ceará que marcou 98 vezes nesta temporada.
Com um ataque preciso, o Coritiba está à frente dos líderes do Brasileiro, que estão mal na pontaria. Corinthians, São Paulo e Flamengo sequer chegaram aos 80 gols na temporada. O líder Corinthians tem o quarto pior ataque com apenas 66 gols.
E quem tem feito a diferença no time paranaense é o quarteto formado por Bill, Marcos Aurélio, Anderson Aquino e Davi. Juntos eles balançaram as redes 71 vezes, equivalente a 61% dos gols marcados, com destaque para Bill que já chegou a 22 na temporada.
Mas para os jogadores do Coritiba, isso não é sinônimo de meta. O que o elenco quer é conseguir melhorar a colocação na tabela independente de ser líder em número de gols.
"Se temos o melhor ataque é por mérito do que fazemos, e na verdade é isso que os importa, jogar e jogar bem, somente isso. Não vamos fazer disto uma meta, vamos aproveitar o fruto do empenho do time em campo", disse Marcos Aurélio, que marcou cinco vezes no Brasileiro.
Confira o número de gols dos clubes da Série A em 2011:
1º - Coritiba: 116 gols
2º - Ceará: 98
3º - Cruzeiro: 90
4º - Internacional: 83
5º - Santos: 83
6º - Vasco: 83
7º - Grêmio: 80
8º - São Paulo 79
9º - Atlético-PR: 78
10º - Flamengo: 75
11º - Atlético-MG: 74
12º - Atlético-GO: 70
13º - Botafogo: 68
14º - Palmeiras: 67
15º - Fluminense: 67
16º - Avaí: 67
17º - Corinthians: 66 gols
18º - Figueirense: 65
19º - Bahia: 62
20º - América-MG: 46
 mais notícias de brasileirão 2011 - série a »
Elaine Cristina Felchacka e Cia Ltda - Especial para o Terra

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Coritiba começa a dar forma a um dos maiores Centro de treinamento do país

Coritiba começa a dar forma a um dos maiores Centro de Treinamentos do país




Poucas semanas após bater o martelo em uma das principais negociações da história do Coritiba, a direção alviverde já colocou a mão na massa tomando os cuidados necessários de preservação e avaliando as diretrizes de projeto de seu novo Centro de Treinamento (CT), em Campina Grande do Sul. De maneira planejada, como é reiterado pelos membros da direção e gestão alviverde, o Clube trará à luz do futebol paranaense um dos CTs mais modernos e bem preparados da América Latina.
“É muito importante os sócios e torcedores entenderem que se trata de um grande investimento para os projetos do Clube. Fomos um dos primeiros do país a construir nosso próprio CT e agora damos um novo passo, ampliando nossa estrutura e caminhando para uma área moderna e preparada para o mercado”, destaca o vice-presidente administrativo do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade.
O pensamento, no entanto, não é buscar apenas eficiência, mas também ser referência nacional, suporte condizente aos clubes brasileiros e estrangeiros, além de ter os olhos voltados para os grandes eventos que acontecerão no país nos próximos anos. “O novo Centro de Treinamento terá condições de receber clubes e seleções. Isso é importante, mostrará o Coritiba ao mundo e nos garantirá uma posição privilegiada no cenário nacional”, afirma Ribeiro e amplia “para isso utilizaremos o pré-projeto existente, dando continuidade a um estudo já feito agora em uma área bem maior, que nos traz inúmeras possibilidades”.
Início dos trabalhos
Assim, o Departamento de Patrimônio do Clube destaca parcela significativa de sua equipe e agenda de trabalho à nova empreitada. Segundo Sergio Nievola, Gerente de Patrimônio do Coritiba, uma equipe já toma os cuidados de limpeza e segurança ao novo local. “O muro, portão principal e parte dos imóveis foram pintados nas cores verdes e brancas. O escudo do Coritiba foi fixado no portão e um mastro de 20 metros de altura para o nosso pavilhão foi construído próximo à entrada”, revela. “A grama foi aparada fazendo-se uma limpeza do bosque e em torno da casa principal. A área que adquirimos é grande, não é fácil mantê-la, mas as partes mais próximas estão sendo cuidadosamente limpas e preservadas”.
Paralelamente às benfeitorias, o projeto é avaliado tecnicamente e Sergio diz haver uma programação sobre os estudos de engenharia visando o melhor aproveitamento do terreno antes das obras propriamente ditas. “O projeto de implantação dos campos de futebol  e do prédio dependem do levantamento planoaltimétrico que já foi contratado e está sendo executado. Com este levantamento, nossa equipe de arquitetura definirá a disposição ideal das instalações” diz, lembrando da presença diária de pessoas do Clube e de visitas semanais de diretores ao local, considerado a atual “menina dos olhos” do Coritiba.
Sobre as edificações, o Coritiba irá trabalhar sobre um projeto já existente. Sergio Nievola expressa o pensamento do clube, destacando sobre uma estrutura já planejada e que deverá ser otimizada. “O projeto arquitetônico do prédio já está pronto, pois fizemos este estudo no primeiro semestre, quando imaginávamos construí-lo no CT da Graciosa. É um trabalho magnífico, elaborado em encontros dos nossos arquitetos e engenheiros com os profissionais do futebol do Coritiba. Não há no Brasil instalação tão completa e funcional quanto o prédio de CT que foi projetado, por isso será adaptado ao terreno de Campina Grande do Sul”, avalia.
O projeto para o novo CT é um empreendimento com poucos precedentes na história do Clube, um dos maiores investimentos em patrimônio já realizados. São 450 mil metros quadrados, um espaço seis vezes maior que o CT da Graciosa, por isso todos os detalhes na realização das obras que estão por vir devem obedecer a critérios certeiros e acontecer no momento oportuno, ainda sem uma data concreta para acontecer. “A filosofia da atual gestão do Clube está alinhada com o que se faz nos países mais avançados. Em termos gerais, é mais importante planejar por dois anos e executar uma obra em seis meses, do que planejar apenas por seis meses e ter problemas para o resto da vida”, finaliza Sergio.


Fonte : Coritiba.com.br

Curitiba deve instalar 450 câmeras de monitoramento até Copa de 2014





A Prefeitura de Curitiba tem como meta chegar a 450 câmeras de vídeo no sistema de segurança até a Copa do Mundo da FIFA 2014. O projeto será viabilizado através do Pronasci, parcerias público-privadas e com recursos do orçamento do Município. Até o final deste ano, 115 câmeras estarão monitorando o centro e as grandes regiões da capital do Paraná.
O sistema de videomonitoramento operado pela Secretaria Municipal da Defesa Social conta atualmente com 89 câmeras em Curitiba e já atende as forças de segurança do Estado. "A ampliação do sistema de câmeras integra, entre outras parcerias, o apoio de Curitiba ao programa Paraná Seguro", disse o prefeito Luciano Ducci. O Paraná Seguro é um programa lançado nesta semana pelo governador Beto Richa para reestruturação da segurança pública no Estado.
Todas as imagens captadas pelas câmeras ficam armazenadas na central e poderão ser usadas pelas demais forças de segurança, Ministério Público e Judiciário, na elucidação de crimes, condenações e busca por foragidos.
O secretário da Defesa Social de Curitiba, Nazir Chain, destaca a participação da Guarda Municipal em operações conjuntas com a Polícia Civil e Polícia Militar como parte do programa estadual. "Essas operações se tornarão cada vez mais freqüentes", disse Chain.
"A integração das forças de segurança é uma tendência crescente em Curitiba e região metropolitana. Com o apoio do governador Beto Richa e do prefeito Luciano Ducci, vamos promover a maior série de ações de combate à criminalidade da capital", completou.
Parcerias
– Desde o início deste ano, as forças de segurança passaram a trabalhar de forma integrada. No início de maio, as Polícias Civil e Militar, Guarda Municipal e Secretaria Antidrogas se uniram para dar um duro golpe no tráfico de drogas na região central de Curitiba, na chamada Operação Liberdade.
A operação resultou na prisão de 40 suspeitos de tráfico de drogas na região central da cidade e apreensão de 80 quilos de crack.
Em outra demonstração de integração, no final de junho, o governador autorizou o repasse de 500 armas da Polícia Civil para a Guarda Municipal de Curitiba. Com o novo armamento, todos os guardas do efetivo da cidade passaram a contar com revólveres entre os equipamentos de segurança. Até então, 60% da corporação trabalhava com o armamento. Novas armas foram compradas para a Polícia Civil.
Aifu
- Outro exemplo prático dos resultados do trabalho conjunto é a chamada Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu). Desde 2004, quando a parceria teve início, as equipes de fiscalização percorrem postos de combustíveis, restaurantes, casas noturnas e bares a procura de drogas, irregularidades e abusos.
Em média, mais de 1,6 mil estabelecimentos têm sido vistoriados todos os anos. Em 2007 – ano recorde - este número chegou a 2.130. Desde 2004, aproximadamente 800 pessoas foram presas, 16 mil autuações administrativas aplicadas (falta de alvará, licença ambiental e outros), mais de 100 carros apreendidos, além de grande quantidade de drogas e armas retirada de circulação.
Participam das ações guardas municipais, agentes da Secretaria Antidrogas, fiscais da Vigilância Sanitária, das secretarias do Meio Ambiente e do Urbanismo, Conselho Tutelar, Diretran, polícias Militar e Civil e Corpo de Bombeiros.

Bom Gourmet - Prêmio Bom Gourmet - Gazeta do Povo #bifeSujo

 Prêmio Bom Gourmet - Gazeta do Povo
Acesse e vote no 
Bife Sujo


http://www.gazetadopovo.com.br/premiobomgourmet


Prêmio Bom Gourmet - Sabor Popular
Chegou a hora da decisão

Estão abertas as votações para o Melhor Sabor Popular de Curitiba, e é o seu voto que definirá qual o prato, quitute, doce ou petisco levará o título nesta edição do Prêmio Bom Gourmet. Veja a lista abaixo e escolha o seu preferido.

Durante as últimas semanas, internautas indicaram, pelo site da Gazeta do Povo, mais de 300 pratos de diversos estabelecimentos de Curitiba. Um seleto grupo de jurados conferiu de perto os mais indicados, em uma blitz gastronômica pela cidade, e definiu os dez principais sabores.

Agora, você define qual deles merece ser o campeão desta categoria. Você pode votar quantas vezes quiser,até o dia 28 de agosto. O nome do Melhor Sabor Popular de Curitiba será divulgado no dia 15 de setembro, na edição 2011 da revista Prêmio Bom Gourmet.

Bife SujoBife Sujo RestauranteVotar

Brigadeiro de ColherCasa di BelVotar

Churrasco ParanaenseBar PalácioVotar

CostelaNyck Costela no Rolete Água VerdeVotar

HackepeterBar SchimmelVotar

Hot Dog BenassiBarraca Hot Dog BenassiVotar

MadrilenhoA FamiliarVotar

Pão com Linguiça BlumenauBar CanaBentaVotar

PastelPastelaria BrasileiraVotar

Prato FeitoBox do EliseuVotar

Enviado via iPhone by @NeiOliver

Deputados que ainda não votaram para CPI da corrupção

Confira abaixo os Deputados Federais que ainda não assinam favoravelmente para a abertura da CPI da corrupção:


229 ALEX CANZIANI PTB PR 3215-5842 dep.alexcanziani@camara.gov.br

230 ANDRE VARGAS PT PR 3215-5923 dep.andrevargas@camara.gov.br

231 ANDRÉ ZACHAROW PMDB PR 3215-5238 dep.andrezacharow@camara.gov.br

232 ANGELO VANHONI PT PR 3215-5672 dep.angelovanhoni@camara.gov.br

233 ASSIS DO COUTO PT PR 3215-5428 dep.assisdocouto@camara.gov.br

234 CIDA BORGHETTI PP PR 3215-5412 dep.cidaborghetti@camara.gov.br

235 DILCEU SPERAFICOPP PR 3215-5746 dep.dilceusperafico@camara.gov.br

236 DR. ROSINHA PT PR 3215-5474 dep.dr.rosinha@camara.gov.br

237 EDMAR ARRUDA PSC PR 3215-5962 dep.edmararruda@camara.gov.br

238 GIACOBO PR PR PR 3215-5762 dep.giacobo@camara.gov.br

239 HERMES PARCIANELLOPMDB PR 3215-5234 dep.hermesparcianello@camara.gov.br

240 JOÃO ARRUDA PMDB PR 3215-5633 dep.joaoarruda@camara.gov.br

241 LEOPOLDO MEYER PSB PR 3215-5233 dep.leopoldomeyer@camara.gov.br

242 LUIZ NISHIMORI PSDB PR 3215-5220 dep.luiznishimori@camara.gov.br

243 MOACIR MICHELETTOPMDB PR 3215-5478 dep.moacirmicheletto@camara.gov.br

244 NELSON MEURER PP PR 3215-5916 dep.nelsonmeurer@camara.gov.br

245 NELSON PADOVANI PSC PR 3215-5513 dep.nelsonpadovani@camara.gov.br

246 OSMAR SERRAGLIO PMDB PR 32155845 dep.osmarserraglio@camara.gov.br

247 RATINHO JUNIOR PSC PR 3215-5521 dep.ratinhojunior@camara.gov.br

248 REINHOLD STEPHANESPMDB PR 3215-5820 dep.reinholdstephanes@camara.gov.br

249 ROSANE FERREIRA PV PR 3215-5454 dep.rosaneferreira@camara.gov.br

250 SANDRO ALEX PPS PR 3215-5221 dep.sandroalex@camara.gov.br

251 ZECA DIRCEU PT PR 3215-5285 dep.zecadirceu@camara.gov.br

O Senador Sergio Souza ainda não assinou a CPI da Corrupção...

SÉRGIO SOUZA PMDB PR 3303-6271 sergiosouza@senado.gov.br

ELEITORES:

Se você votou em algum deste deputado relacionados acima faça sua parte e cobre do SEU deputado um posicionamento favorável a abertura da CPI da corrupção, faça sua parte....

Os contatos de cada deputado estão na listagem acima.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Santos e Coritiba são as duas equipe que mais jogaram este ano!

Santos e Coritiba são os Times que mais jogaram este ano

Brasileirão põe frente a frente duas das equipes que mais jogaram no Brasil em 2011: são 101 jogos ao todo



Coritiba e Santos não têm em comum apenas a partida desta 17ª rodada do Brasileirão, hoje a noite na Vila Belmiro. Mais do que isto, as duas equipes foram responsáveis por encher os olhos dos aficionados em futebol na primeira parte da temporada 2011. Campeões estaduais, recordes de vitórias, finais de grandes competições, agora Coxa e Peixe rumam para novos vôos, por isso o jogo desta quarta promete ser um jogaço.
“O Santos tem jogadores que podem decidir em jogadas individuais e um conjunto muito forte, além disto, quando se joga com uma equipe qualificada, campeã de Libertadores e Paulista todo cuidado é pouco. Mas temos consciência de nosso potencial, em todos nossos jogos há entrega, qualidade e compromisso. São fatores que indicam um grande jogo”, avalia o zagueiro alviverde Jeci.
As duas equipes disputaram, ao todo, 101 jogos em 2011. Pelo Campeonato Paranaense, Copa do Brasil e Brasileiro, o Coxa atuou, até a 17ª rodada, 50 vezes, enquanto o time santista entrou em campo em 51 partidas. Há de salientar que o Coritiba eliminou a necessidade de jogos finais no estadual e o Santos ainda tem dois jogos atrasados pelo Brasileiro.
Desde o primeiro jogo de 2011, no dia 16 de janeiro, o ano do elenco alviverde soma 212 dias. Destes, 50 deles foram destinados a vestir a camisa, entrar em campo e fazer, como se diz, uma decisão por jogo. É uma média impressionante de um jogo a cada 4,2 dias.
À estatística deve-se somar a pré-temporada, os treinos integrais e as concentrações com suas viagens, longas horas em vôos, ônibus e hotéis. Com os dados gerais do ano, a apresentação um dia antes e a liberação no dia posterior das partidas e viagens são 160 dias do ano destinado diretamente aos jogos; 75% de ininterrupta atenção para o que irá acontecer ou aconteceu dentro de campo. De quebra, as atividades diárias no CT da Graciosa. Ou seja, os atletas contam na mão os dias de folga.
“O cansaço atrapalha bastante. Temos que cuidar muito da saúde e para isso temos especialistas atentos. Mas é a realidade, não tem como fugir, sobretudo devido ao calendário brasileiro. Temos que jogar dando 100% e trabalhar o que é necessário durante a semana. É superação”, destaca Jeci.
Sobre uma avaliação global a maratona trouxe um saldo: as duas das equipes que mais aturam em competições oficiais no país precisam acomodar a agenda de treinos, jogos e a recuperação dos atletas aos compromissos do Campeonato Brasileiro. Para Marcelo Oliveira, a exaustiva fase passou, agora o Coxa busca dar efetividade as boas apresentações com resultados em campo.
“Os dois clubes passaram por campeonatos importantes, chegaram às finais, o Santos da Libertadores e o Coritiba da Copa do Brasil, e houve uma mobilização intensa para estas duas competições que eram de fundamental importância aos clubes. E pode haver depois um abatimento, uma frustração que incomoda um pouco”, avalia o treinador alviverde. “No Caso do Coritiba, vivendo o dia-dia, o rendimento é bom, a efetividade e as vitórias é que precisam vir e agente tem que ter a ambição e a força para fazer uma sequência boa”, conclui Oliveira.


Fonte : Coritiba.com.br

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Guarani 1x1Paraná ficha técnica

Futebol/Brasileiro Série B - (16/08/2011 21h27min28 )
Ficha Técnica: Guarani 1 x 1 Paraná
Curitiba (PR)

FICHA TÉCNICA
GUARANI 1 X 1 PARANÁ CLUBE
Local:  Estádio Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Data: 16 de agosto de 2011, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Diego Pombo Lopez
Auxiliares: Adailton Jose de Jesus Silva e Raimundo Carneiro de Oliveira
Cartões amarelos: Lucas (Guarani); Giancarlo (Paraná)
GOLS: GUARANI: Denílson, aos 19 minutos do segundo tempo
PARANÁ: Giancarlo, aos 32 minutos do segundo tempo
GUARANI: Emerson, Bruno Peres, Aislan, Ewerton e Jhonnatans; Lucas, Dadá, Ancelmo e Felipe (Jéfferson); Fábio Souza (Assiszinho) e Fernandão (Denílson)
Técnico: Giba Maniaes.
PARANÁ CLUBE: Zé Carlos; Brinner (Lisa), Luciano Castán, Cris e Gleidson; Junior Urso, Everton Garroni, Serginho (Jefferson Maranhão) e Welington (Ricardinho); Borebi e Giancarlo
Técnico: Roberto Fonseca
Fonte:
Gazeta esportiva

ac/dc do rock ao vinho


AC/DC lança marca de vinhos

"Back In Black Shiraz" é um dos quatro rótulos produzidos em famosa região vinícola da Austrália




O grupo de rock AC/DC acaba de lançar uma marca de vinhos. As garrafas serão produzidas pela vinícola australiana Warburn Estate. Serão quatro tipos de vinho, que chegarão ao mercado a partir de quinta-feira, 18.

Os quatro rótulos são intitulados: “Back In Black Shiraz”, “You Shook Me All Night Long Moscato”, “Highway To Hell Cabernet Sauvignon” e “Hells Bells Sauvignon Blanc”. Os vinhos são produzidos nas regiões de Barossa e Coonawarra, locais que, graças ao solo vermelho (terra rossa),produzem quase 60% da safra australiana.

“Será um fenômeno mundial, mas primeiro queremos nos estabilizar em nosso mercado local”, afirmou Steve Donohue, gerente do grupo alimentício Woolworths e responsável pela Warburn Estate.





Enviado via iPhone by @NeiOliver

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Veneno Veludo: EUA E O TETO DA DÍVIDA - A CRISE CONTINUA

Veneno Veludo: EUA E O TETO DA DÍVIDA - A CRISE CONTINUA: "É preocupante ler sobre a economia internacional, pois a crise de 2008 tem metástases em vários países, hoje, 2011. A inadimplência em pagar..."

Veneno Veludo: CAI A NOITE

Veneno Veludo: CAI A NOITE: "Sou o último em tua estrada A última primavera a última neve A última batalha para não morrer Hei-nos mais baixos e mais altos do que n..."

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best WordPress Themes