Google+ Followers

Translate

follow in instagram

Instagram

sábado, 8 de outubro de 2011

Só o Coritiba comemora...

A 28ª rodada do Campeonato Brasileiro continuou neste sábado com três jogos: um que podia alterar as primeiras posições da tabela; outro que trazia uma briga direta entre dois times que ainda sonham com a Libertadores; e um terceiro envolvendo dois rivais que lutam para escapar da zona do rebaixamento. E entre os seis times que entraram em campo, apenas o Coritiba comemorou.

Com uma vitória por 2 a 0 sobre o Grêmio, a equipe de Marcelo Oliveira passou a ocupar provisoriamente a sétima colocação com 40 pontos, a quatro da zona de classificação para a Libertadores. Já o Botafogo perdeu boa chance de dormir na segunda colocação ao empatar com o Bahia em 2 a 2 em grande jogo em São Januário, mesmo atuando quase 60 minutos com um homem a mais. Em Minas, o clássico local entre América e Atlético terminou sem gols, o que não ajudou em nada ambas as equipes.

Couto Pereira em festa
A torcida que encheu o Couto Pereira nem se importou com a chuva na capital paranaense. Pelo contrário, ela incentivou do começo ao fim e saiu satisfeita com mais uma boa atuação em casa e com os dois gols, que elevaram a conta do Coxa para 131 na temporada. Se sobram bolas nas redes para os paranaenses, elas faltaram ao time gaúcho, autor de somente nove tentos como visitante no Brasileirão. A força ofensiva fez mesmo a diferença.

No lado gaúcho, a ausência de Douglas foi bastante sentida. A criatividade do time desapareceu, as chances rarearam e o Coritiba se aproveitou. Com 14 minutos de jogo, Marcos Aurélio abriu o placar, após o chute de Léo Gago tocar em Victor e explodir na trave. No fim da etapa final, os visitantes perderam o centroavante Brandão, lesionado. O técnico Celso Roth colocou em campo o volante Adilson e a força ofensiva desapareceu de vez. Sem fazer muita força, o Coxa ampliou com Jéci.

A campanha dentro de casa mantém as esperanças do Coritiba alcançar uma vaga à Libertadores: dos 40 pontos, 75% deles foram conquistados como mandante. Já o Grêmio perde fôlego após o triunfo contra o Santos e para na décima posição com 39 pontos, podendo ser ultrapassado por concorrentes como Atlético-GO ou Figueirense.

Vacilo em casa
Se a torcida do Coritiba saiu feliz, a do Botafogo certamente teve motivos para ficar decepcionada. No Rio, a equipe chegou a ocupar momentaneamente a segunda posição quando vencia por 2 a 1, mas acabou sofrendo um doloroso empate que o manteve em quarto lugar, com 46. O Bahia, que vem em recuperação na tabela e chegou a 34 pontos, na zona de classificação para a Sul-Americana, segue sem perder para cariocas no torneio.

Depois de segurar o ímpeto inicial dos donos da casa, o Bahia abriu o placar com Souza, mas se complicou ao ver o volante Hélder ser expulso no final da primeira etapa. O Botafogo, que não contou com Loco Abreu e Herrera, só conseguiu a virada no segundo tempo e em questão de dois minutos, com Alex a Caio, mas acabou cedendo o empate. Novamente Souza marcou, desta vez de pênalti, para dar números finais ao confronto. O time de Caio Júnior ainda foi para cima, pressionou e teve uma chance incrível antes do apito final, mas acabou assim mesmo.

Ruim para todos
Em um retrato da situação desesperadora de ambas as equipes, América-MG e Atlético-MG mostraram um futebol de pouca criatividade, ficando em um sonolento empate sem gols na Arena do Jacaré diante de 752 pagantes. O Galo até teve as melhores chances, mas parou sempre no goleiro do América, Neneca, que fez pelo menos duas defesas difíceis em chutes de Magno Alves e Neto Berola.

Com o resultado, os alvinegros foram a 27 pontos, mas seguem como o quarto que hoje cairia para a segunda divisão e a três pontos do 16º, o rival Cruzeiro. Já o Coelho permanece na lanterna, com 21 pontos, e vê a Série B cada vez mais próxima.

Fonte:
Fifa.com
Reações:

0 comentários:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best WordPress Themes