Google+ Followers

Translate

follow in instagram

Instagram

segunda-feira, 25 de junho de 2012

O tempo de Deus Temos que aprender, desde cedo que “tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu”. (Ec 3.1)

Aos 17 anos, José do Egito era um jovem cheio de vida, mas enfrentou lutas e tribulações que o atingiram por todos os lados, parecia até mesmo que o diabo estava no controle, tudo parecia conspirar contra ele. Porém, José amava o Senhor e Deus era com ele. José conhecia o caráter de Deus e, por isso, mesmo diante das circunstâncias, não deixou de amar a Deus. Ele foi vendido pelos próprios irmãos a mercadores de escravos do Egito. Quando José chegou ao Egito, foi novamente vendido como escravo a Potifar, oficial de Faraó; e, na casa desse homem, não se dobrou diante da proposta lasciva da mulher de Potifar. No entanto, não deixou de amar o seu Deus e professar sua fé nele. Às vezes, diante de situações tão difíceis, não sabemos esperar o tempo de Deus. Somente Ele sabe o tempo e a hora determinados. Ele não se atrasa e jamais erra o dia e a hora de cumprir cada promessa na nossa vida. José era fiel a Deus, em todo tempo o seu coração aguardava o cumprimento do propósito do Senhor. Ele chegou a ser o governador de toda a terra do Egito, a maior potência da época (Gn 37 e 47). Conheço um moço muito querido, baterista e pai de seis filhos. Estes são muitos carinhosos comigo. Certo dia, recebi o abraço do menor, que chamou-me a atenção por estar com o rosto todo cortado, manchado de mercúrio cromo. Perguntei a ele o que tinha acontecido. Imediatamente, a irmã dele disse: “Ah, pastor, ele fez a barba”. O menino pegou o barbeador do pai e se cortou todo, porque não era o tempo de isso ser feito.
Temos que aprender, desde cedo que “tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu”. (Ec 3.1) Quando realmente nos rendemos ao Senhor, Ele começa a agir. Quando a Bíblia diz que todas as coisas cooperam para o nosso bem, não se refere apenas aos sonhos grandes, mas também às pequenas coisas. Se você chega ao seu emprego e o chefe lhe diz que vai aumentar seu salário dez vezes mais, você diz: “Glória a Deus, aleluia!” Mas se for demitido, qual será sua atitude? Deus continua sendo o mesmo Deus. Precisamos enxergar com os olhos do Senhor e saber realmente descansar nele e crer na Palavra. Assim como Ele foi com José, Ele é com você. No momento em que assumimos a verdade da Palavra de Deus na nossa vida, nada, nenhuma circunstância pode ofuscar aquilo que temos com o Senhor. E, nacima de toda e qualquer situação, continuamos em fé afirmando assim como Jó: “Porque eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre terra. Bem sei que tudo podes, e nenhum dos teus planos pode ser frustrado.” (Jó 19.25; 42.2)

Por
Márcio valadão
Reações:

0 comentários:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best WordPress Themes