Google+ Followers

Translate

follow in instagram

Instagram

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

FAXINAL

História

A região de Faxinal, que hoje constitui importante centro urbano na área cafeeira do setentrião, até há bem pouco tempo, estava coberta pelas florestas virgens e suas terras, roxas e férteis, eram incultas e despovoadas.
Os primeiros desbravadores a fixaram residência na localidade em 1920, foram os senhores Cecílio Caetano dos Santos, João Wacheski, Evaldo Vekerkin e Francisco Leocádio dos Santos. Acompanhados das respectivas famílias, esses corajosos desbravadores construíram casas no outeiro onde hoje se localiza a sede do Município de Faxinal.
Foram coroados de pleno êxito os empreendimentos relativos à fundação do povoado, graças, principalmente, à uberdade do solo que atraiu imediatamente grande número de novos colonizadores.
O Distrito Policial de Faxinal de São Sebastião foi criado pelo Decreto Estadual nº 85, de 27 de janeiro de 1926. O Distrito Judiciário foi criado em virtude do Decreto Estadual nº 1435, de 25 de junho de 1931, pertencente ao Município de Tibagi. Pelo Decreto-Lei Estadual nº 7573, de 20 de outubro de 1938, passou a denominar-se São Sebastião e foi transferido do Município de Tibagi para o de Londrina. De acordo com o Decreto-Lei Estadual nº 199, de 30 de dezembro de 1943, foi mudado o nome de São Sebastião para Faxinal e desmembrado do Município de Londrina, para fazer parte do Município de Apucarana. Em 1951, foi criado o Município de Faxinal.
É desconhecido o real significado do nome dado ao município. Contudo, consta que fora denominado "Faxinal" por ser a região formada por campos de pastagens entremeados de arvoredos esguios.
Gentílico: faxinalense
Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Faxinal de São Sebastião, pelo decreto estadual n.º 1435, de 25-06-1931, no município de Tibagi.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Faxinal de São Sebastião permanece no município de Tibagi.
Pelo decreto-lei estadual n.º 7573, de 20-10-1938, transfere o distrito de Faxinal de São Francisco do município de Tibagi para o de Londrina. Sob o mesmo decreto o distrito de Faxinal de São Sebastião passou a denominar-se São Sebastião.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito figura no município de Londrina.
Pelo decreto-lei estadual n.º 199, de 30-12-1943, o distrito de São Sebastião passou a denominar-se Faxinal. Sob o mesmo decreto transfere o distrito de Faxinal do município de Londrina para o novo município de Apucarana.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Faxinal permanece no município de Apucarana.
Elevado à categoria de município com a denominação de Faxinal, pela lei estadual n.º 790, de 14-11-1951, desmembrado de Apucarana. Sede no antigo distrito de Faxinal. Constituído do distrito sede. Instalado em 14-12-1952.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.
Pela lei estadual n.º 7225, de 17-10-1979, é criado os distritos de Cruzmaltina, Nova Altamira, São Domingos e Vila Diniz e anexado ao município de Faxinal.
Em divisão territorial datada de 18-VIII-1988, o município é constituído de 5 distritos: Faxinal, Cruzmaltina, Nova Altamira, São Domingos e Vila Diniz.
Pela lei estadual n.º 11222, de 19-12-1995, desmembra do município de Faxinal o distrito de Cruzmaltina (ex-Crusmaltina). Elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 15-VII-1999, o município é constituído de 2 distritos: Faxinal e Nova Altamira.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 14-V-2001.
Alterações Toponímicas Distritais:
Faxinal de São Sebastião para São Sebastião alterado, pelo decreto-lei estadual n.º 7573, de 20-10-1938.
São Sebastião para Faxinal alterado, pelo decreto-lei estadual n.º 199, de 30-12-1943.
Transferências Distristrais:
Pelo decreto-lei estadual n.º 7573, de 20-10-1938, transfere o distrito de Faxinal de São Francisco do município de Tibagi para o de Londrina.
Pelo decreto-lei estadual n.º 199, de 30-12-1943, transfere o distrito de Faxinal do município de Londrina para o de Apucarana.
 Geografia
Possui uma área é de 715,943 km² representando 0,3592 % do estado, 0,127 % da região e 0,0084 % de todo o território brasileiro. Localiza-se a uma latitude de 23°59'06" a 24º00'26 sul e a uma longitude 51°19'12" oeste. Sua população estimada em 2005 era de 14.914 habitantes.[carece de fontes?]
No solo predomina-se a Terra Roxa (ótima para a agricultura), sendo sua topografia: 70% plana, 20% ondulada e 10% acidentada e seu ponto mais alto é a Serra do Marumbi, com 820 metros. Também possui os latossolos de otima permeabilidade que segue altitudes de 900 a 1.000 metros de altitude na região de Faxinalzinho e bairro Papuã.[carece de fontes?]
O clima é subtropical úmido, com tendência de concentração das chuvas de verão acima do paralelo 24º Sul, sem estação seca definida. A média anual é de 19°C, sendo a média anual das máximas de 23°C e média anual das mínimas de 15°C.
O abastecimento de água é realizado pela Sanepar através de captação no Rio São Pedro.
 Demografia
Dados do Censo - 2000
População Total: 16.032
  • Urbana: 12.556
  • Rural: 3.052
  • Homens: 7.702
  • Mulheres: 7.906
Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,732
  • IDH-M Renda: 0,672
  • IDH-M Longevidade: 0,718
  • IDH-M Educação: 0,806

      Rodovias

Reações:

0 comentários:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best WordPress Themes